COVID e sua influência na Marca Honda

A pandemia do COVID-19 trouxe novos comportamentos, requisitos éticos e
socioeconômicos, impactando a vida de bilhões de pessoas em todo o mundo.
A economia global foi abalada, causando intensa mudanças nos negócios e na sociedade.
Dentro do contexto da América do Sul, as preocupações com as altas taxas de desemprego,
a situação fiscal dos países e pressão de altos custos, devido a variações cambiais e inflação,
têm norteado as decisões do público e setores privados.
Em relação ao desempenho operacional, a pandemia teve forte influência nos resultados da
Honda na América do Sul. Em um primeiro momento, foi necessário gerenciar uma possível
ruptura nas cadeias de suprimentos globais. Em seguida, a empresa teve que lidar com uma
paralisação na produção de carros e motocicletas e restrições à venda em lojas. Com a
retomada das operações, novos protocolos sanitários foram adotados e as vendas mudaram
rapidamente para os canais digitais.
A estrutura previamente estabelecida pela empresa com a adoção do myHonda, lançada em
2016, provou ser ainda mais essencial. Os consumidores são direcionados para o site da
empresa, onde têm fácil acesso aos produtos, especificações, listas de preços e serviços
disponíveis. Depois de confirmando seu interesse, eles recebem prontamente um contato da
concessionária de sua escolha para prosseguir com a experiência de compra. Ao assinar no
myHonda, consumidores, e potenciais clientes têm jornadas únicas com a marca, com acesso
à conteúdos exclusivos, ofertas e novidades.
O portal de Atendimento Pós-Venda também intensifica a estratégia de digitalização na
jornada do cliente, obtendo números crescentes, especialmente na venda de peças originais. https://www.bariguiseminovos.com.br/curitiba/honda